Negociações sem solução…

Negociações do superávit continuam, ainda sem solução

Dia 18 de outubro, aconteceu nova reunião com o Banco do Brasil, para negociar a destinação do superávit do Plano 1. Os associados da ativa e aposentados foram representados pelos dirigentes e conselheiros deliberativos eleitos da PREVI, pela Contraf-CUT, Comissão de Empresa, ANABB, AAFBB, Federação das Associações dos Aposentados e Pensionistas do BB, AFABB-SP e AFABB-RS.
A diretoria de Seguridade da PREVI apresentou cálculos dimensionando o valor do superávit, a Reserva Especial que pode ser utilizada para revisão do plano e os custos de várias das propostas de melhorias de benefícios listadas pelos representantes do funcionalismo. As entidades e os dirigentes eleitos reafirmaram sua posição de que a maior parte da reserva especial deve ser revertida em melhoria de benefícios e que é imprescindível, nesta negociação, resolver outras questões pendentes como o fim do voto de minerva, a volta da diretoria de Participações para os associados e a volta dos direitos do Corpo Social. Apresentaram, ainda, proposta de fazer eventuais revisões no plano de benefícios antes de discutir a destinação do superávit.
O Banco do Brasil reafirmou entender que a metade do superávit do Plano 1 deve ser destinada a ele, com base na Resolução CGPC 26.
Os representantes dos associados reafirmaram que é necessário buscar alternativas para a solução desta divergência. Insistem que a maior parte dos recursos disponíveis na Reserva Especial para Revisão de Plano deve ser destinada à melhoria de benefícios para os associados.
Será agendada para a próxima semana reunião conjunta com a PREVIC – Superintendência da Previdência Complementar – para debater o assunto, e nova reunião será agendada com o banco posteriormente.

Mais notícias – O presidente da AFABB-SP, Waldenor Moreira Borges Filho, está participando das reuniões que discutem a destinação do superávit, as informações atualizadas serão publicadas em nosso site

 

FONTE: AFABB-SP

  1. #1 por Ernandes Mourao em dezembro 3, 2010 - 1:00 am

    Li o encarte da ANABB e as coisas não são assim tão fácil.
    Lá diz:
    O valor a ser creditado é descontado IR/Cassi e outros.
    O pior é que estamos no final do ano, vem por ai a declaração e estamos todos enrascados mais uma vez com o leão.

    Ao ler o tal encarte da Anabb ela me traz um sentimento de que o maior torcedor para fechamento o acordo é ela. Percebe-se que eles estão macomunados com a coisa. É muito interesse no acordo da forma posta.
    Acho que tem farinha nesse angu.
    Portanto meu voto é aberto NNNNNAAAAOOO. E tenho dito. Estou precisando de dinheiro, não migalhas. Que se danem todos os negociadores, que por sinal a ideia dos 20% foi do Sasseron, poderia ser 50%, por isso, defendo a idéia que fomos traidos por quem transmitia a imagem que estaria de nosso lado. Que pena para todos nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: