020811

PREVI – A FALTA DE SIMPLICIDADE PARA CONCESSÃO DE UM SIMPLES EMPRÉSTIMO.

Vemos que estão sempre surgindo temas para desentendimento entre nós. Agora é a questão do Empréstimo Simples. É verdade que o foco de nossa luta deve ser a questão dos benefícios, conforme argumentam alguns comentaristas. No entanto, é preciso compreender que, em um universo de participantes tão amplo, nem todos estão sujeitos aos mesmos problemas. Consequentemente, cada um tem suas necessidades particulares. E o problema da ADIN não está ligado à concessão de empréstimo.

O Empréstimo Simples pode sim ajudar a suavizar as dificuldades de muita gente, principalmente quanto à redução da parcela mensal, pela dilatação do prazo. Seguem, três exemplos, para que se perceba melhor a vantagem sobre cada faixa:

R$ 10.000, em 96 meses: R$ 154,41 – R$ 10.000, em 180 meses: R$ 82,34 -Redução na mensalidade: R$ 72,07

R$ 50.000, em 96m: R$ 772,76 – R$ 50.000, em 180m: R$ 411,76 – Redução: R$ 361,00

R$ 100.000, em 96m: R$ 1.544,11 – R$ 100.000, em 180m: R$ 823,52 – Redução: R$ 720,59

Novos valores: R$ 13.000, em 180m: R$ 107,00 – R$ 65.000, em 180m: R$ 534,93 – R$ 130.000, em 180m: R$1.070,40. Considerando uma reforma de 30%, ainda haverá redução.

Muito respeito tenhamos pela opinião de quem não aconselha mais endividamento ou alerta para a questão de um eventual enfraquecimento em nossa campanha pelo superavit. Vale a intenção. Ocorre, no entanto, que quase sempre é possível desvincular uma coisa das outras, toda vez que algumas se misturam. Cada um conhece seus limites e contenha-se agora, se os ultrapassou anteriormente, o que nem sempre configurou irresponsabilidade, uma vez que o ufanismo da Diretoria das Rosas, à época, cantava tempos de prosperidade e segurança. E que a PREVI das Flores não venha agora com essa conversa de que não pode esticar os prazos, para justificar sua falta de disposição em ajudar os assistidos. Que, limite, então, um novo empréstimo a 20 ou 30% do anterior, ou até um pouco mais, e estique logo esse tempo para 180 meses, NO MÍNIMO, E PRA TODOS, para que não lhe perguntemos, como Cícero, no Senado Romano, discursando contra um tenebroso general do Império: “QUO USQUE TANDEM, CATILINA, ABUTERE PATIENTIA NOSTRA?”.

Não pretendi aqui comparar nosso Fundo de Pensão com um ser humano sem caráter, desafiado por um orador imbatível, que lhe pergunta até quando abusará da paciência de todos. A intenção é apenas descrever o cenário contemplado: impaciência no limite! E a questão é: porque nossa Previdência nada diz dos bilhões que o Patrocinador leva, enquanto desconversa uma dilatação de prazo para um simples empréstimo aos assistidos? A postura da PREVI dificulta expressões e exemplos mais suaves para ilustrar o mal que essa situação vem causando. Funcionários do Banco, que já foram financeiramente bem situados, e com muita justiça, porque trabalhavam com efiência, fidelidade e honestidade a toda prova, estão agora contando minguados caraminguás, às portas dos mercados, para sobreviver modestamente. É muita gente! É gente cansada! A causa procede! Os senhores dirigentes precisariam enxergar um pouco mais do lado de cá do muro e sugerir a seus superiores uma atitude menos insensível, para que essa guerra não atinja níveis insuportáveis.

Paulo Motta.

  1. #1 por Rosalina de Souza em agosto 2, 2011 - 9:32 am

    Prezado Paulo Motta.

    Venho aqui registar minha participação,atitudes como a sua faz lembrar a época do meu falecido Marido Paulo Person,que estava sempre disposto a ajudar ao próximo.

    A Previ tem o dever e a obrigação de zelar por nós participantes e assistidos,tem o dever de promover melhorias ao único produto destinado a nossa classe,aos aposentados e pensionistas que estão com restrições cadastrais,esse produto que já colocou comida em nossas mesas,que serviu para diversos tipos de pagamentos como o processo de inventário que abri no ano de 2001 e até hoje se arrasta no nosso judiciário.

    Estou feliz e muito satisfeita pois voce caro amigo Paulo Motta,é mais um sensível a nossa situação de penúria,com a nossa situação muitas vezes complicada,sem recursos e com as portas fechadas,me sinto feliz em saber que hoje temos pessoas que estão tentando melhorar a vida de outras pessoas.

    Saudações e um respeitoso abraço.

    Rosalina de Souza

    Pensionista

    Matrícula 18.161.320-4

  2. #2 por Maria Helena G Leal em agosto 2, 2011 - 12:01 pm

    É colega Paulo, está difícil para todos nós. Mais difícil ainda creio eu, estamos nós pensionistas.
    O Bet já evaporou- se, Anabb roubando os seguros, BB levou metade do que nos pertencia.
    Agora mais essa do ES que alegam não poderem liberarem. Quando vovê me passou ontem o e-mail e eu respondi que não estava bem. Foi por isso.
    Como ficar bem diante dessa miséria que se instalou sobre alguns, e me incluo também.

    Você Paulo conhece o meu trabalho, e deve imaginar a minha situação com 12 pessoinhas precisando de mim.

    Obrigada pela força e conselhos. Estamos juntos e misturados.

    Deus te abençoe.

    Lena.

  3. #3 por Paulo Motta em agosto 4, 2011 - 2:09 pm

    Abaixo, cópia de email dirigido à sra.Presidente da FAABB

    “Sra. Presidente,

    EMPRESTIMO SIMPLES – A proposta de 100 meses não atende aos interesses dos assistidos da PREVI. Um mínimo de 180 meses é que pode fazer reduzir substancialmente as mensalidades. Menos que isso, pouco adianta. Por gentileza, pedimos seu máximo empenho, uma vez que a situação está ficando crítica para muita gente. O ES torna-se agora fundamental. Qualquer desculpa da PREVI não nos convencerá.

    PAULO ROBERTO BRANDÃO DA MOTTA”

    Em resposta, foi-me afirmado que será reivindicada a dilatação do prazo e que a PREVI já estaria se dispondo a rever as condições do empréstimo.

    Paulo Motta.

  4. #4 por Paulo Motta em agosto 4, 2011 - 2:14 pm

    Rosalina e Lena,

    Acompanho a participação de vocês e vejo que sempre falam em ajudar o próximo. É isso aí, amigas. É assim que crescemos espiritualmente. Há sempre alguém precisando de nós.

    Agradeço muito suas palavras, que sempre me animam a continuar escrevendo e procurando uma forma de contribuir para nossa luta. Um grande abraço,

    Paulo Motta.

  5. #5 por claudia oliveira em agosto 4, 2011 - 2:37 pm

    Paulo,
    Gostaria que da mesma maneira que voce está se batendo pela dilatação dos prazos para o emprestimo, voce engrossase a fileira dos que lutam pela antecipação do bet. Me preocupa a inadimplencia da maioria e gostaria que eles não tivessem que tomar mais emprestimos. Que tivessem mais juizo tambem, embora as vezes as circunstancias da vida nos arrastem.
    Não entendo, porque se temos um dinheiro separado, este mesmo dinheiro não pode já ser entregue as familias que tanto precisam.
    Com a idade, a idéia de tempo torna-se diferente e assim, a paciencia não entra nesse calculo.
    O bet antecipado não cobra taxas, emprestimo sobre o bet sim.
    Por que não é logo distribuido este dinheiro que nos pertence?
    Contamos com voce. Sempre.
    Um abraço
    Claudia

  6. #6 por Paulo Motta em agosto 5, 2011 - 12:17 am

    Cláudia,

    Concordo com você. A antecipação do BET seria melhor. Acho que vale a pena reivindicar isso também, e disponho-me a pariticipar junto com vocês. Parece-me, no entanto, que os recursos do superavit estão apartados em conta própria, mas não devem estar imunes à desvalorização causada pela queda da Bolsa. Se assim é, a PREVI não vai facilitar uma antecipação. Vivemos um momento preocupante. No entanto, as potências econômicas mundiais não vão deixar a peteca cair. Elas ainda têm muito lastro para segurar a desestabilização que se anuncia. No entanto, os espiritualistas há bem tempo vêm falando da sacudida que a humanidade vai levar em 2012. Pode estar chegando a hora. De minha parte, porém, ainda acredito que o Brasil vai se sair bem. Posso estar enganado, mas tenho razões para pensar assim. Veremos…

    Um abraço amigo,

    Paulo Motta.

  7. #7 por Marcos Cordeiro de Andrade em agosto 7, 2011 - 9:39 pm

    Curitiba, 07 de agosto de 2011.

    À FAABB

    Prezada Presidente,

    Seria de todo recomendável que a Petição Inicial da propositura da ADIN fosse disponibilizada amanhã, aos participantes da Reunião do “Grupo de Estudos da PREVI”. Serviria para análise dos que lidam com o assunto ainda em tempo da detecção de inconsistências e, do nosso lado, para compararmos com aquela que encomendamos ao Escritório Sylvio Manhães Barreto para servir à ANAPAR.

    Somente não divulgamos integralmente a nossa Petição em respeito ao princípio dos Direitos Autorais, pois entendemos que cabe aos seus autores a quebra do sigilo, e para não atrapalhar os bons ofícios em andamento. Mas lembramos que um original está bem guardado com os nossos Advogados e a AAPPREVI dispõe de cópia autenticada para exibição posterior – se nos imputarem responsabilidade por eventuais desenquadramentos apontados.

    Vale lembrar que esse segredo alimentado pelo “Grupo”, como divulgado no Blog do Medeiros, consiste em um despropósito. Uma vez marcada a protocolização da ADIN, afigura-se uma questão de horas sua disponibilidade ao público através do Cartório competente. Mas aí nada poderá ser feito em termos de cortes ou emendas, pois, como bem lembrou João Rossi Neto, basta uma pequenina expressão latina mal colocada para por tudo a perder. Que dirá o resto.

    Trata-se do exercício de bom senso o exame por parte do maior número possível de doutores versados no assunto. Negar isto é escorregar para o campo da dúvida. Afinal, o desenvolvimento que se pretende diz respeito aos 120.000 participantes do PB1, e não pode ser definido por “meia dúzia de seis” vaidosos guardiões.

    Também, se foi utilizada a peça elaborada pela Assessoria Jurídica da AAPPREVI, isso somente nos trará satisfação por termos contribuído de alguma forma para ajudar no deslinde da pendência.

    Atenciosamente,

    Marcos Cordeiro de Andrade
    Presidente da AAPPREVI

  8. #8 por Marcos Cordeiro de Andrade em agosto 7, 2011 - 11:27 pm

    Resposta da Presidente Isa Musa de Noronha (07/08 – 22h09min):

    Prezado Marcos,

    Somente poderei pedir à Sra, Cláudia e o farei. Contudo, como se trata de ação da CONTRAF CUT não sei se ela teria autoridade para divulgar antes de protocolada a ação.
    Isa Musa

  9. #9 por Juarez Barbosa em agosto 11, 2011 - 2:41 pm

    Prezado Paulo Motta e demais companheiros,

    Acabo de criar uma Sala de Reuniões/Debates virtual para nos servir.

    Nela poderemos marcar dias e horários para termos “conversas tecladas” abrangendo os temas de nosso interesse, onde todos poderão participar simultaneamente e em tempo real.

    O endereço para acessá-la é o seguinte:

    http://debatesereunioesdoprevipb1emfoco.blogspot.com/

    Este endereço estará disponibilizado permanentemente em meu Blog, coluna do lado direito e encima do gráfico da Bovespa.

    O acesso à sala é livre e funciona 24 horas. Para participar, basta inserir seu nome no primeiro retângulo e no segundo, sua conversa teclada.

    Vou disponibilizar esta sala para os outros Blogs e Grupos de discussão de nossos interesses.

    Ah! A regra básica de participação é apenas a de evitarem situações que possam gerar conflitos. Existe nos mecanismos da sala um instrumento de banimento de quem não se comportar devidamente (sic).

    Espero que todos façam bom proveito dela.

  10. #10 por superavitsprevi em agosto 16, 2011 - 8:29 pm

    Juarez,

    Muito boa essa sua iniciativa da Sala. Precisamos nos aproximar. Estarei extremamente ocupado por uns dias. Logo que voltar, quer ver como isso funciona. Nunca participei. Uso muito o Skipe, com áudio e vído. Muito bom, também.

    Um grande abraço,

    Paulo Motta.

  11. #11 por superavitsprevi em agosto 16, 2011 - 8:33 pm

    Juarez,

    Muito boa essa sua iniciativa da Sala. Precisamos nos aproximar. Estarei extremamente ocupado por uns dias. Logo que voltar, quero ver como isso funciona. Nunca participei. Uso muito o Skipe, com áudio e vídeo. Muito bom, também.

    Um grande abraço,

    Paulo Motta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: