JUDICIÁRIO

JUDICIÁRIO, O ÚLTIMO CÂNCER?

Parece que os governos consideram os aposentados como lixo. E tudo começa lá, no patrocínio dessa invasão sindicalista que destrói progressivamente não só o Banco como também a PREVI e tudo que ainda resta de bom neste país, se é que isto ainda é um país.

País é um todo organizado que constitui uma nação. Não há mais país, em um território onde até o Supremo Tribunal de Justiça deixa-se enfeitiçar pelos argumentos de diretores de bancos e de fundos de pensão, e já não parece mais existir esperança para os cidadãos comprometidos com o Estado de Direito, com a honra, com a decência, com o ânimo de dignificar, nesse comprometimento, não só a si próprio como ainda o povo e a espécie de que faz parte.

Enquanto a juventude começa a se mobilizar em protestos de rua contra a corrupção generalizada, na esteira de uma onda de denúncias, o informativo da AFABH publicou artigo de um juiz com ácidas críticas a alguns membros dos tribunais superiores notoriamente compromissados apenas com seu instinto carreirista e não com o propósito de promover uma justiça cada vez mais isenta e eficaz. Essa contaminação do Judiciário aos poucos vai se tornando visível também através da grande imprensa, que há tempos já identifica e denuncia as garras do sindicalismo petista infiltrado e enraizado em diretorias de empresas e órgãos estratégicos do governo.

Edgardo Rego descobriu uma entrevista com a ministra Eliana Calmon, Corregedora do Conselho Nacional de Justiça, e contribui ainda com dois outros textos da Folha de São Paulo e o Globo. Fique terminantemente proibido, pela consciência coletiva de cidadania de cada um, deixar de ler esses textos. As transcrições estarão aqui no Blog, em alguns dias. Delas, infere-se o que pode ter ocorrido entre um whisky e outro nas plácidas paisagens de Sauípe.

Por tudo isso, vê-se que a coisa vai mal por estas bandas verde-amarelas. Não debelado tempestivamente, o câncer consome o Legislativo e aprofunda-se onde menos poderia alojar-se: no coração do Judiciário! Será possível controlar essa metástase que se agigantou nas sombras, durante tanto tempo? Mas o lado positivo são justamente esses primeiros sinais de que pode estar se aproximando o momento do grande grito de moralização verdadeira e efetiva ainda não ouvido às margens do Ipiranga. É o coro geral que se anuncia e cresce. Bom momento para extravasarmos nossas queixas além dos limites de nosso contra-fundo de pensão e colaborar ativamente no memorável parto que pode estar vindo por aí.

Devemos sim continuar lutando, ainda quando percebamos nossas ações periféricas apenas fazendo cócegas nos gigantes, sem atingir o núcleo irradiador de seus poderes de manipulação e exploração das massas e sempre mantendo a pureza de nossas intenções, porque justamente isso é o que perdem os corruptos, em seu breve momento de ascensão e glória. A esses, jamais os venceremos, somente com nossas cócegas, embora possamos ajudar distraindo-os e preocupando-os, algumas vezes, enquanto a onda de insatisfação cresce para outros lados. Somente eles próprios se vencerão a si mesmos, porque a contradição está dentro deles, comendo-lhes imperceptivelmente o próprio fígado. Eis aí que traçam o próprio destino, como todos nós fazemos. O mal está ali, alojado no instinto egoísta e apodrecendo o lado bom que se recusam. Em breve, estarão completamente sitiados. Não podem vencer! Sua vitória final seria a derrota da humanidade. Não adianta calarem uma boca. Outras mil anunciarão o fim de seus mandatos…

Os corruptos cairão de podres, e não está longe o momento em que toda a humanidade vai enfrentar essa depuração, para realização das sábias palavras de Cristo, antevendo o dia da separação do joio e do trigo. Nosso dever é não distrairmos na percepção e na denúncia de seus movimentos mal intencionados, sempre vigilantes, inclusive, para que o vírus da corrupção não encontre pasto também em nossas almas, e um processo real de purificação de nossas instituições se instale de forma definitiva no organismo desta nação que desejamos continuar ajudando a construir.

Parecem apenas cócegas, nossos indignados comentários; mas não são. Constituem, sim, o princípio do despertar da consciência cívica generalizada. É nossa própria história, como desassistidos da PREVI, somando-se à imensa população brasileira de pé contra o Estado de Degeneração Moral que se apoderou do País.

Problemas temporários de saúde vêm me dificultando uma participação maior em nossa causa. Nada grave. É sabido que a coluna cervical absorve o bombardeio emocional e se instabiliza. Dificuldade de locomoção e ainda alguma dor deprimem a vontade. O pessimismo aproveita e toma conta. Dei um tempo, para não contaminar meus colegas com esse desânimo atroz que me consumia. Mas quem criticou tem razão. Se desejo dar continuidade ao Blog, tenho de encontrar tempo para manter a regularidade das edições, assim como energia e fé, para não transmitir desânimo.

Contudo, enquanto a normalidade não retorna, ainda me resta espaço na alma para reproduzir um trecho bem humorado, não sei de que autor:

“Não se preocupem. O fim do mundo foi cancelado para o Brasil. O país não tem condições de abrigar um evento de tal porte…”.

Paulo Motta.

  1. #1 por Maria do Socorro Aragão de Sousa em outubro 12, 2011 - 6:07 pm

    De: msasousa(Socorro Aragão)
    Para: os amigos do blog

    Grande Paulo, estava sentindo falta de seus textos cheios de energia, a nos dar força para seguirmos na luta contra toda essas ocorrências negativas que estão em todos os setores do nosso país. Pessoas como você, Marcos Juarêz, Edgardo, Holbein, Rossi e outros fazem a diferença e nos estimulam a prosseguir.
    Cuide de sua saúde.
    Abraço a todos
    Socorro Aragão-Belém PA

  2. #2 por superavitsprevi em outubro 12, 2011 - 7:57 pm

    Socorro,

    Só pedindo socorro. Mas… a quem? Tá difícil! Coisas de extrema gravidade tem ocorrido silenciosamente sob togas aparentemente respeitáveis e isentas. Você leu as matérias citadas? Ainda não consegui reproduzi-las aqui no blog. Meu filho é quem faz essa parte. O tempo dele é menor ainda que o meu. Quem quiser fornecer seu e-mail, envio rápido. O meu é motta.paulob@gmail.com.

    Um abraço e muito obrigado por suas palavras de apoio,

    Paulo Motta.

  3. #3 por superavitsprevi em outubro 12, 2011 - 8:32 pm

    Retorno agora e leio sobre os blogs. É o que a maioria tem dito: o centro é o Previplano1, que pontificou pela inteligência e combatividade do Marcos, gritando para qualquer gigante ouvir. O trabalho do Juarez também é muito bom, uma fonte inesgotável de informações. Sabe tudo. O Edgardo, sozinho, é quase um blog, em face também de seu vasto conhecimento sobre Previdência Privada e Oficial. Seu blog real, no entanto, é de nível filosófico. Ali, bebe-se a mais fina sabedoria que pode embasar nossas melhores conclusões. No Previplano 1 é que o Mestre exibe, com simplicidade, o produto de seu refinado pensamento. O site da UNA-BB é também de suma importância. Comigo, é preciso que seja assim, com algumas suspensões ocasionais. Atuo em diversas frentes, na batalha da vida, presidindo mais entidades até mesmo que o Ulisses Guimarães, no apogeu, guardadas as devidas proporções, claro, que, no interior, tudo é pequeno e de menor importância. Às vezes, porém, tenho de me dedicar a algum pepino de outro canteiro, com exclusividade, e lá vai embora o pouco tempo disponível. Leio tudo que se publica sobre nossa luta; escrever, no entanto, requer não apenas tempo mas disposição crescente. E, ás vezes, as ideias não aparecem, no tumulto de preocupações do dia-a-dia. Mas vamos em frente!

    Paulo Motta.

  4. #4 por Ricardo Annoni Neto em outubro 12, 2011 - 10:15 pm

    Caro Paulo Motta,

    já estive por algumas vezes tentando refrescar a minha alma procurando novos escritos seus aqui no Blog (com maiuscula mesmo). Não os encontrei, mas com certeza sabia que seus motivos eram os mais justos. Espero que sua saúde esteja melhorando rapidamente e peço a Deus que assim seja. Mas esse tempo de espera o trouxe de volta ainda mais inspirado. Como eu gostaria de poder desabafar minha revolta contra a podridão reinante e exposta (ainda bem) diàriamente pela mídia, com tanta objetividade como você faz. Devemos sim rezar para que o virus da corrupção não alcance nossas almas, nós que pelo menos podemos (ainda) por a “boca no trombone”; talvez um dia “alguém ” escute.

    Em tempo: conforme já postei no Blog do Marcos, em mais de 100 fotos pesquisadas na Internet sobre as manifestações de hoje, só encontrei uma em que aparece um cartaz denunciando a situação dos beneficiários do Aerus (Varig), vítimas da corrupão. Quanto à Previ…………………….

  5. #5 por superavitsprevi em outubro 13, 2011 - 11:11 pm

    Ricardo,

    De fato, é muito bom escrever. E quanto mais se escreve mais fácil fica deixar as palavras correrem pelo teclado e darem corpo às idéias que vão nascendo no espírito. Não é tanto o caso de inspiração, porém, de transpiração; mas só nos primeiros tempos. Depois de transpirar por alguns anos, a inspiração começa a aparecer. Matéria-prima não falta, nesta nossa guerra. O que falta é tempo. A saúde vai bem. O problema é só a coluna. Viajar longas distâncias e permanecer muito tempo sentado complica. E a dificuldade de locomoção torna difícil mobilizar gente de nossa idade para essas manifestações. Quanto se é novo, a adrenalina impulsiona o jovem pra todo lado e a qualquer hora. Por isso, defendo a idéia das comissões de 10 ou doze que residam nas proximidades da PREVI, em lugar de sonhar com grandes mobilizações. Eu, por exemplo, a quase 300km do Rio, não dou mais conta de participar.

    Um abraço fraterno,

    Paulo Motta.

  6. #6 por Elisabeth em outubro 14, 2011 - 10:16 am

    Oi Paulo,
    Feliz de saber qe voce está bem de saúde, acabamos nos preocupando com nossos colegas mesmo que virtuais. Gosto muito de ler o que voce escreve e não dá prá ficar sem seus comentários nos blogs e seus textos no seu próprio blog.
    O que acontece com nosso país me dá um profundo mal estar, onde vamos parar com tanta sem vergonhice, outro dia me peguei falando de abandonar essa terra, maravilhosa, mas em seu comando tanta corrupção, trabalhamos tanto, pagamos tantos impostos, por nada.
    Detesto quando esses políticos ficam a elogiar a garra de nosso povo, no caso nossa cidade que sofre com as enchentes, e esse assunto sempre vira plataforma dessa catrefa para se elegeram e nada acontence, a não ser novas enchentes e o povo a limpar e restaurar a cidade onde uma semana depois do envento nada mais é visível. Uma fábrica de dinheiro essas catástrofes, e nós pagamos essa conta tenho certeza.

  7. #7 por Paulo Motta em outubro 15, 2011 - 12:00 am

    Obrigado, Beth.

    A tormenta passou. Tive de correr atrás de exames e mais exames. O jeito foi dar um tempo nas atividades, inclusive no blog.

    Pratico uma coisa que tenho como uma das maravilhas do mundo alternativo, proibido, clandestino. Os médicos detestam. O Ministério da Saúde persegue. Mas é bom demais! Chama-se auto hemo-terapia. Derruba tudo. Até depressão. Menos problemas nos ossos, pelo que estou vendo.

    A hemo dá uma energia terrível! Como não posso com viagens constantes ou longas, quando exagero viro um bagaço, por alguns dias. E carrego quase 25 kg de excesso de peso. Não é fácil.

    Também já fui político e saí fora, porque não aguentava mais respirar naquele meio. E agora vemos que essa praga da corrupção atingiu até o Judiciário! O bom é que parece que a reação do povo está começando a se esboçar. Na Física, existe um momento que se chama “ponto de fadiga”. É quando o material não resiste mais a força ou o peso que suporta. Haverá um instante em que isso acontecerá com o estado permissivo. Está tudo podre. Roubalheira e mordomias generalizadas pra todo lado. Mas o limite está se aproximando… a casa vai cair.

    Um abraço e tudo de bom pra você e os seus.

    Paulo Motta.

  8. #8 por Lena. em outubro 16, 2011 - 2:00 am

    Bom dia Paulo Motta!!
    Que bom saber que está legal, e o pé? (fiquei sabendo pelo blog do Marcos)

    Paulo, eu já ouvi falar a respeito da hemo- terapia.
    Você poderia por gentileza, informar mais a respeito?
    Dizem que cura câncer é verdade? Quais os outros benefícios?

    Obrigada.

    Abraço.

  9. #9 por Paulo Motta em outubro 17, 2011 - 8:27 pm

    Lena,

    Não entendi. Você não é a Lena do Rio, mulher do Sérgio, que reclamou de nossa amizade virtual? A ela já expliquei tudo sobre a hemo. Se nao é você, confirme e mande seu e-mail, que lhe falo tudo a respeito do assunto.

    Paulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: