DEPOIS DA TEMPESTADE…

DEPOIS DA TEMPESTADE…

Devo uma explicação a meus amigos e frequentadores do Blog.

Moro em uma chácara, em uma pequena cidade do interior. Um belo local, a um e meio quilômetro do centro. O problema é que a Internet aqui é precária, não na cidade, porém no final da rua. E um raio, nas últimas chuvas, torrou meus computadores e minha paciência que restava com essa parafernália eletrônica que domina nossas vidas.

A energia voltou. Mas o sinal, não. A saúde retornou também. A paciência… quase.

Para completar, à época de meu último post, a superposição de atividades (ONG, Loja de Informática, Presidência de Clube, reforma de casa, Partido Verde e uma pressão contínua para retornar ao universo confuso da política, acabou levando minha pressão a 22! Sinceramente, cheguei a falecer, sim, como disse um comentarista. Mas ressuscitei e já me encontro quase inteiramente vivo. Coisinha de nada está faltando…

Meus familiares intervieram e, muito acertadamente, manipularam a situação dificultando meu retorno ao acesso à Internet. Virei um eremita, cansado de relações humanas complicadas. E não podia mais ver um computador que me sentia literalmente dominado pela gana de devorá-lo!

No centro de minhas intenções, estava o assunto da organização fantasma , aquela que chamei de Confraria. Naqueles dias, minha indignação chegara ao máximo! Parecia-me o fim do mundo o fato de que instituições sérias, profundamente respeitadas pela sociedade, houvessem se desvirtuado tanto de seus princípios até ultrapassarem o limite mínimo da ética e montar um sistema informal organizado com a finalidade de blindar o acesso dos aposentados a seus direitos.

Rascunhei um artigo excessivamente objetivo e contundente que, hoje vejo, extrapolava o respeito que se deve aos poderes constituídos. Felizmente, amigos e familiares, não me deixaram publicá-lo. Certamente, já me encontrava meio pirado com a situação dos aposentados do BB. O texto era nos moldes do J’ACUSE, de Émile Zola. Quem o conhece, pode imaginar a loucura que me acometeu.

Na verdade, foi um breve surto de indignação exasperada. A coisa não pode ser assim. Nossa capacidade de tolerância deve funcionar também de baixo para cima. “Atire a primeira pedra, aquele que nunca errou no exercício de suas atividades líbero¬-profissionais” – se é que os senhores da língua permitem escrever assim. E não é que até mesmo o Supremo Tribunal Federal, último reduto de moralidade a que não poderia chegar o câncer da corrupção, àquela época já visto com desconfiança por boa parte do público pagante, mostra agora, recentemente, sua disposição para promover a melhor justiça de que o ser humano é capaz?

Os tempos mudam. Demora, mas mudam. No final, prevalecerão a justiça, a dignidade, a honradez, o respeito humano… De outra forma o Demônio terá vencido e vamos todos queimar no inferno.

Nesse tempo todo fora do ar, nunca mais voltei ao blog, por razões de saúde, de dificuldades com a rede e de outras de natureza pessoal. Um amigo ligou, hoje, para me informar de que o superavitsprevi.wordpress.com, esquecido e sem monitoramento, encontrava-se livremente aberto a todo tipo de comentários.

Muita pornografia, minha gente! Posso até entender as razões de cada um. Quando enfio a canela em uma gaveta aberta, bendigo a faculdade de poder soltar um retumbante PQP! Nada funciona melhor! Mas isso em uma situação de dor física e súbito descontrole. Em um instrumento como um blog, criado para veicular insatisfações de uma classe tão experiente como a dos aposentados, acredito que nossa atitude deve ser de contenção, sem extremismos de baixa ordem. Afinal, temos que mostrar a nossos adversários que somos gente inteligente e capaz de externar nossas insatisfações com muita indignação, mas com igual carga de argumentação civilizada.

Muita saudade de muita gente. Edgardo, Juarez, Marcos, Ari, Elias, e um montão de outros mestres e amigos que conheci aqui. Para você, Cláudia do Rio, um abraço especial. A gente ainda vai se falar. Só que vou suspender o blog, talvez por mais algumas semanas, até a poeira baixar…

Até breve,

Paulo Motta.

  1. #1 por Graziela em novembro 7, 2012 - 5:52 pm

    So hj tive a grata satisfação de conhecer mais um brilhante veiculo de comunicação dos aposentados BB. Mais um brilhante colega que sabe bem usar as palavras para expressar os sentimentos de tantos. Boa sorte, saude e muito sucesso em todas as suas empreitadas.

  2. #2 por superavitsprevi em novembro 7, 2012 - 11:50 pm

    Graziela,

    Falou, amiga. Li seus comentários e lhe agradeço muito. Bom saber que estamos em sintonia em nossas opiniões, nessa interminável Guerra dos Cabeças Brancas. Estou voltando ao Blog; mas tenho de ir devagar com o andor. De outra forma, minha indignação extrapola de novo. No entanto, a comentários como os seus não posso deixar de dar atenção. São palavras carregadas de sinceridade e de força para continuar na luta. Por isso mesmo, creio que vou recuar da ideia de suspender o Blog até a poeira acabar de baixar.

    Um abraço fraterno.

    Paulo Motta.

  3. #3 por superavitsprevi em novembro 8, 2012 - 12:18 am

    Amigos,

    Respondendo ao colega que me passou mensagem pedindo informações: o correto é J’accuse…!, e não J’acuse. Acuso…! Para chegar ao artigo em português, publicado no jornal L’Aurore, digitar com um “c”. Dobrando a consoante, sai tudo em francês. É uma violenta chicotada de Zola nas autoridades responsáveis pelo célebre erro judiciário no julgamento do capitão Dreyfus, no final do Século 19.

    Paulo Motta.

  4. #4 por superavitsprevi em novembro 8, 2012 - 5:52 pm

    Lázara,

    Também sempre acompanhei com atenção seus comentários. Meu e-email: motta.paulob@gmail.com. Fiquei um tempo fora do ar. As razões estão no novo post. Estou voltando devagar.

    Um abraço,

    Paulo Motta.

  5. #5 por Elias em novembro 12, 2012 - 4:43 pm

    Paulo, hoje estou um pouco mais feliz. Seja muitíssimo Bem-vindo. Seu retorno é o sinal de que Deus permite aos Bons permanecerem um pouco mais por aqui, para continuarem levando a bom termo a Missão pela qual são responsáveis. Continue a se cuidar, mantenha a serenidade e vá em frente, mesmo que devagar. Seu relato me fez lembrar de quando caí do telhado e, também, de quando entrei num stresse violento (deitado na cama pulava quase meio metro), que meio pensamento estava em constante “loop”. Bem, isso para dizer que contamos com o Comandante (Você) na “guerra das bengalas”. Que Deus continue Abençoando Você e todos os que Lhe são caros. PAZ E BEM!
    Elias

  6. #6 por marcos cordeiro de andrade em novembro 12, 2012 - 5:31 pm

    Caro Amigo Paulo Motta,

    Já nos falamos por telefone a respeito do seu retorno quando lhe disse o quanto isto me alegra e conforta. Sei de suas razões e renovo meu incondicional apoio ao seu “novo tempo”.

    Aproveito para retransmitir mensagem recebida em meu e-mail, mas que lhe pertence

    Abraços,
    Marcos Cordeiro

    “Amigo Marcos,

    Quase não acreditei ao ler o comentário escrito pelo PAULO MOTTA, pois ando meio ressabiado com certos comentários. Não vou pedir-Lhe que confirme, mesmo porquê Ele diz que “ressuscitou”.
    Por gentileza transmita ao Paulo Motta nosso abraço e o desejo de boas-vindas.

    Elias”

  7. #7 por Edgardo Amorim Rego em novembro 13, 2012 - 9:15 am

    Diletíssimo Paulo Motta
    A VIDA é isso, tempos de bonança e tempos de tempestade! A VIDA é também um NOVELO DE CONDICIONANTES. Somos como os peixes: movimentamo-nos, mas SOMENTE NOS LIMITES DOS RIOS, DOS LAGOS e dos OCEANOS!… A Sociedade nos constroi. Mas, ela nos condiciona, sobretudo na forma do ESTADO. O ESTADO sempre nos limitou, ao longo da HISTÓRIA. À medida que a HUMANIDADE SE CIVILIZA, o ESTADO se torna menos necessário, a limitação estatal diminui e o HOMEM SE TORNA MAIS LIVRE. Permita-me recordar tudo isso, que você, tão culto, já bem o sabe, para reforçar essa sua disposição de compreensão e tolerância por uma SOCIEDADE AINDA BÁRBARA, essa em que o DESTINO resolveu dar-nos a oportundiade de VIVER!… Nada mudará subitamente da noite para o dia. A mudança é lentíssima, é um processo de duração milenar, ou melhor, de já doze bilhões de anos!… Nós, os inconformados, apenas damos um empurrãozinho!… Seja como for, admirável Paulo Motta, regozijo-me com a sua amizade e a sua convivência!
    Edgardo Amorim Rego

  8. #8 por Claudia Maria de Castro Oliveira em novembro 13, 2012 - 6:35 pm

    Querido Paulo,
    Que bom saber que aos pouquinhos voce está de volta. Nunca achei que voce tivesse ido a algum lugar. Pensei que tinha que dar um tempo. Eu tambem andei por uns especialistas por aí, mas já voltei a nadar. Alegre com a sua volta e triste pelo que vejo que está acontecendo, embora ninguem verbalize. Será que é tão dificil compreender que só UNIDOS teremos alguma chance? Mas acho que já vamos nos partir de novo. Além de Afabs, Anabs e tantas outras estou vendo perigar a nossa Aaprevi. A Mais garota, a mais briguenta, aquela que esperávamos fortalecer para, juntos com ela, obrigarmos as nossas vozes a serem ouvidas. Fico desesperada por não entenderem, nem com os exemplos que temos diante de nós, que só a UNIÃO faz a fôrça. isso não é um logan. Isto é realidade. Veja o pt. Todos na justiça, e todos juntos com os seus meliantes. Isto é união. Nós podemos chamar de qualquer outra coisa: falta de vergonha, de brasilidade, mas na verdade eles estão unidos. A nós, cabia, vendo isso, nos unirmos cada vez mais. Mesmo porque o nosso tempo é curto. Foi se o tempo do Brasil do futuro para mim. Ficou o Brasil. E para sempre. Mas o que posso fazer por ele, ficou mais restrito. Tem de ter mais qualidade. Estou preocupada com o que possa acontecer om a Aapevi. Foi o discurso guerreiro do Marcos Cordeiro que me trouxe à ela. Nunca fui de afabs e anbs. Sou pensionista. Nem luto por ES. Estou muito bem. Mas luto por companheiros. E espero que voce, agora de volta, calmamente, possa analisar o que está acontecendo. Não gosto do que vejo. Vou, com calma, pensar e ver como me posiciono. Talvez, não sei, seja melhor apenas nadar este tempo que nos resta.

  9. #9 por Anônimo em novembro 13, 2012 - 8:40 pm

    Obrigada por ter voltado Sr Paulo.

    Porque AAPPREVI corre risco, colega Cláudia Maria? Da para ser mais clara? Senhor Marcos, explica isso para os seus associados, por favor.

  10. #10 por Ricardo Annoni Neto em novembro 15, 2012 - 9:42 pm

    Caro Paulo Motta,

    Não o conheço pessoalmente mas, através de seu Blog, aprendi a admirá-lo e respeitá-lo como se fosse um de meus mestres dos tempos dos do Colégio Lassalista, de saudosa memória. Senti falta de seus lúcidos e inteligentes comentários, achando que não mais teríamos o alento que eles nos proporcionavam. Com muita satisfação lí no blog do Marcos que você estava de volta. Espero que esteja recuperado de seus problemas, especialmente os de saúde, e que possamos continuar contando com seus contundentes e objetivos escritos. Quando, e se puder, gostaria que entrasse em contato comigo para uma consulta de cunho pessoal (e-mail: anneto@vante.com.br)

  11. #11 por Anônimo em novembro 17, 2012 - 7:47 pm

    AMIGOS, VOTEM NA CHAPA DO ARI ZANELLA E GILVAN.

  12. #12 por Anônimo em novembro 17, 2012 - 7:58 pm

    Essa
    “Claudia oliveira”
    é a Claudia do Rio senhor Paulo Motta. Essa mulher é louca, pirada. Ela não é louca pirada. E feia prá kct .

    • #13 por Anônimo em novembro 17, 2012 - 8:03 pm

      Acho
      q vc quis
      dizer: louca e pirada. Estou de pleno acordo.

      Parabéns Paulo Motta! Saúde é que lhe desejo.

  13. #14 por Anônimo em novembro 19, 2012 - 10:59 am

    Preces ao Senhor …

    Oração dos Velhos

    Senhor,

    Sabes melhor do que eu que estou envelhecendo e que, mais dia menos dia, farei parte dos velhos.

    Guarda-me daquela mania fatal de acreditar que é meu dever dizer algo a respeito de tudo e em qualquer ocasião.

    Livra-me do desejo obsessivo de pôr ordem no negócio dos outros.

    Torna-me refletido mas não ranzinza, serviçal mas não autoritário. Acho uma pena não utilizar todo o meu “imenso” saber que acumulei por estes longos anos, mas sabes, Senhor, faço questão de conservar alguns amigos.

    Segura-me quando eu começar a desfilar detalhes que não acabam mais, dá-me asas para ir direto ao fim.

    Sela meus lábios acerca de minhas mazelas e doenças, embora essas aumentem sem cessar, e com o passar dos anos me dê certo prazer enumerá-las.

    Não me atrevo a pedir-te que eu chegue até a gostar de ouvir de outros quando começam a ladainha dos próprios sofrimentos, mas ajuda-me a suportar com paciência.

    Não me atrevo a reclamar uma memória melhor, dê-me porém uma crescente humildade e menos suscetibilidade quando a minha memória esbarrar na dos outros.

    Ensina-me a gloriosa lição de que eu posso até estar enganado.

    Toma conta de mim. Não é que eu queira virar santo (com certos santos é tão difícil conviver) mas ser velho e além de velho, amargo … é com certeza uma das supremas invenções do diabo.

    Faze-me capaz de ver algo de bom onde menos se espera e de reconhecer talentos em gente na qual estes não se percebem.

    E dá-me a graça de proclamá-lo.

    Amém.

  14. #15 por claudia oliveira em novembro 21, 2012 - 7:14 pm

    Eu sou louca, pirada e feia. meu Deus. E eu que achava que simplesmente estava envelhecendo. Acho que deve ser mais do que isso, embora não saiba o que possa existir de pior. Mas vamos que vamos, que os futuros Valmir Camillos já lutam pela AApprevi que se firmou. É natural. Money, money, money. E a mim não me enganam com parábolas e ditos de cristo. Sei exatamente quem são e o que querem. Nós só queriamos os nossos direitos. Eles agora vão atras dos deles. os ” grandes direitos dos espertos”.
    Claudia do Rio

  15. #16 por claudia oliveira em novembro 25, 2012 - 5:07 pm

    Venha votar querido Paulo Mota.

  16. #17 por calixtor65@gmail.com em novembro 27, 2012 - 8:08 pm

    Paulo aonde está voce?

  17. #18 por Anônimo em novembro 29, 2012 - 3:58 pm

    Elias,

    Sim, amigo. Sinto-me como se ressuscitado. Passei por tanta coisa, nos últimos meses, na vida pessoal, que não me sobrou tempo para cuidar do Blog. Foi um profundo mergulho dentro de mim mesmo, até encontrar aquelas regiões onde somente se chega pela via da espiritualidade. Mas, está tudo bem e melhor ainda que antes. O problema ainda é a internet. Conserto, estraga. Conserto, estraga. Escrever aqui, no Blog, é bom à noite, em casa, onde os relâmpagos queimam as intalações e ninguém consegue entender a causa. Na loja e no escritório, não há clima. Mas vamos indo. Aprendi a não me desgastar com as notícias da Previ. Estava me fazendo um mal terrível! Mas já voltei lendo o post do Aristófanes sobre o ES. Estou escrevendo sobre o assunto.

    Um abraço.

    Paulo.

    ——

    Ricardo Annoni

    Enviei-lhe e-mail. Será um prazer falar com você. Esteja à vontade.
    Abraços,

    Paulo

    ——–

    Edgardo,

    “À medida que a humanidade se civiliza, o ESTADO torna-se menos necessário”. Beleza, Mestre! Apesar de tudo que nos aborrece no mundo, com certeza estamos caminhando para frente. E o homem, este animal, meio demônio, meio Deus, acabará dando certo.

    Estou me preparando para voltar com mais assiduidade.

    Um grande abraço, deste que também muito o admira e respeita.

    Paulo Motta.

  18. #19 por Ricardo Annoni Neto em dezembro 2, 2012 - 6:01 pm

    Paulo,
    ref. seu comentário de 29.11 (03,58 pm) informo que não recebi seu e-mail. Agradeço sua atenção.

    Ricardo

  19. #20 por calixtor65@gmail.com em dezembro 5, 2012 - 6:06 pm

    Graças a Deus a Aaprevi está nas mãos de quem a respeita.

  20. #21 por aaa@gmail.com em janeiro 22, 2013 - 9:38 pm

    SENHORES ASSOCIADOS DA AAPPREVI VOCÊS PRECISAM ABRIR PROCESSO CONTRA ESSAS ASSOCIAÇÃO POR NÃO ATENDER OS DEUS SÓCIOS. SER DENUNCIADA CONTRA O MAL USO DO DINHEIRO NELA APLICADA. O VOSSO DINHEIRO EH PARA A FAMILIA PASSEAR SÓ ISSO. ABRAM OS VOSSOS OLHOS !!!
    CUIDADO APOSENTADOS E PENSIONISTAS NÃO EXISTE AÇÃO NENHUMA.

    A FAMILIA PAGA SALÁRIO A MULHER E FILHO PARA TRABALHAR EM CASA .

    EH O TREM DA ALEGRIA .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: